Lula foi à PF depor sobre ‘mensalão’

Ex-presidente compareceu à sede da Polícia Federal em Brasília na última terça-feira 9; ele foi intimado na condição de testemunha a falar no inquérito 00012/2014, aberto em função das declarações de Marcos Valério, que envolveu Lula no caso

Ex-presidente compareceu à sede da Polícia Federal em Brasília na última terça-feira 9; ele foi intimado na condição de testemunha a falar no inquérito 00012/2014, aberto em função das declarações de Marcos Valério, que envolveu Lula no caso
Ex-presidente compareceu à sede da Polícia Federal em Brasília na última terça-feira 9; ele foi intimado na condição de testemunha a falar no inquérito 00012/2014, aberto em função das declarações de Marcos Valério, que envolveu Lula no caso (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Brasília 247 – O ex-presidente Lula depôs sobre o caso do chamado 'mensalão' na sede da Polícia Federal em Brasília, noticia o colunista Felipe Patury, da revista Época.

O petista foi intimado na condição de testemunha a falar no inquérito 00012/2014, aberto em função das declarações feitas por Marcos Valério, que incluiu Lula no caso.

Leia abaixo a nota de Patury:

Lula foi à Polícia Federal para depor sobre o mensalão

A Polícia Federal ouviu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre o mensalão. Lula foi intimado na condição de testemunha para falar no inquérito 00012/2014. O procedimento foi aberto em função das declarações de Marcos Valério Fernandes de Souza, que relacionou Lula ao caso. Na noite do último dia 3, Lula recebeu na pista do Aeroporto de Congonhas a carta precatória assinada pelo delegado federal Rodrigo Luis Sanfurgo de Carvalho, chefe da área de repressão a crimes financeiros e desvio de recursos públicos em São Paulo. O depoimento deveria ocorrer nesta segunda, 15, às 9h00. Já no momento da intimação, Lula avisou que iria à sede da PF em Brasília. Cumpriu a promessa no dia 9.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247