Maia diz que é 'absurda' declaração de Bolsonaro sobre 'não fazer nada' : "algo muito grave"

“O governo preferiu parar os trabalhos no Congresso e falar essa coisa mais absurda: com o poder que tem, com a responsabilidade que um presidente tem, dizer que nada pode ser feito. É muito grave", disse o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia

Rodrigo Maia e Jair Bolsonaro
Rodrigo Maia e Jair Bolsonaro (Foto: Alan Santos/PR | Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), classificou como “absurda” e “algo muito grave" a declaração de Jair Bolsonaro sobre não conseguir “fazer nada" diante da situação que o Brasil está.

O parlamentar ainda lembrou, ao UOL, que “tanto o governo quanto a sua base no Congresso trabalharam contra” a proposta do senador Renan Calheiros (MDB) de acabar com o recesso do Congresso neste final de ano "exatamente para tentar resolver os problemas mais urgentes do país".

“Acharam que serviria aos interesses eleitorais da sucessão na Câmara", afirmou. "Agora a gente está vendo que o governo preferiu parar os trabalhos no Congresso e falar essa coisa mais absurda: com o poder que tem, com a responsabilidade que um presidente tem, dizer que nada pode ser feito. É muito grave", disse Maia.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email