Miranda aciona PF por ameaças de morte

"Recebo ameaças o tempo todo, inclusive seríssimas contra minha vida, dizendo que eu merecia morrer pelo que fiz com o presidente", afirmou o deputado Luís Miranda (DEM-DF), que denunciou um esquema de corrupção no Ministério da Saúde envolvendo a compra da vacina Covaxin

www.brasil247.com - Luis Miranda em depoimento à CPI da Covid
Luis Miranda em depoimento à CPI da Covid (Foto: Pedro França/Agência Senado)


247 - O deputado federal Luís Miranda (DEM-DF) acionou a Polícia Federal por ameaças de morte que tem recebido nas redes sociais. A equipe do parlamentar vem reunindo todas as mensagens em um documento, de acordo com informação publicada pela coluna de Guilherme Amado, no site Metrópoles. 

"Recebo ameaças o tempo todo, inclusive seríssimas contra minha vida, dizendo que eu merecia morrer pelo que fiz com o presidente. Lá atrás, o Bolsonaro não levou a sério as ameaças e foi esfaqueado. Sempre tem um cara louco o suficiente capaz de fazer uma besteira. Nunca se deve levar na brincadeira esse tipo de situação", disse Miranda.

A Câmara e PF ainda não responderam se enviarão seguranças para o parlamentar. Até a noite desta segunda-feira (28), Miranda contava somente com o apoio de um assessor especializado em defesa pessoal e evitava sair de casa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O deputado vinha denunciando publicamente que o seu irmão Luís Ricardo Miranda, chefe de importação do Departamento de Logística do Ministério da Saúde, sofria pressão dentro da pasta para agilizar a aquisição da vacina indiana. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O parlamentar afirmou ter enviado a um secretário de Bolsonaro mensagens com os alertas de uma possível corrupção no ministério.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email