OAB aciona governo e Justiça do DF para cobrar ações sobre denúncia de tortura contra Rodrigo Pilha

Entidade quer conversar com detentos que dividiam cela com o militante petista

(Foto: Agência PT)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - A seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) encaminhou na sexta-feira (30) ofícios ao Secretário de Estado de Administração Penitenciária (Seape), Agnaldo Curado, à Promotoria de Justiça de Execuções Penais (Proep) e ao Juízo da Vara de Execução Penal sobre a denúncia de tortura contra o militante Rodrigo Pilha dentro do Centro de Detenção Provisória II de Brasília.

O objetivo dos ofícios é obter informações e cobrar providências sobre o caso, que foi revelado pela Fórum na quinta-feira (29). Preso no dia 18 de março com base na Lei de Segurança Nacional, após participar de manifestação política contra o presidente Jair Bolsonaro, Pilha foi agredido por policiais penais com chutes, pontapés e murros dentro da prisão.

Entre os questionamentos ao governo e Justiça do DF, a OAB cobra informações sobre os procedimentos realizados na apuração dos fatos, assim como a relação dos presos que se encontravam na cela além de Pilha. Advogados também pedem autorização para que uma comissão da OAB-DF possa conversar com os detentos.

 Continue lendo na Fórum.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email