Paulo Guedes fará exame de covid-19, depois de estar sete vezes com Bolsonaro nos últimos dias

O ministro da Economia Paulo Guedes fará exame para saber se contraiu ou não a covid-19. Guedes esteve com Bolsonaro ao menos sete vezes nas últimas duas semanas, sendo a mais recente ontem (6 de julho), em reunião no Palácio do Planalto, quando o Bolsonaro já apresentava febre

Jair Bolsonaro e Paulo Guedes
Jair Bolsonaro e Paulo Guedes (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Paulo Guedes e mais 5 ministros irão se submeter ao teste de covid-19 depois de Bolsonaro ter admitido contrair a doença. Braga Netto (Casa Civil) e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) já fizeram teste rápido e o resultado deu negativo. O ministro Jorge Oliveira (Secretaria-Geral), o ministro do Turismo, Marcelo Alvaro Antonio, e o advogado-geral da União (AGU), Levi Mello, aguardam resultados.  

A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo destaca que “de acordo com informações da agenda pública de Guedes, além da cerimônia do auxílio emergencial, o ministro teve quatro reuniões com Bolsonaro no Palácio do Planalto, em 23, 24 e 25 de junho e hoje, 6 de julho. Guedes também acompanhou o presidente, no Planalto, numa videoconferência da Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul na última quinta-feira, 2 de julho. Na ocasião, o ministro sentou ao lado de Bolsonaro.”

A matéria ainda sublinha que “na última sexta, 3 de julho, Guedes esteve novamente com Bolsonaro para uma reunião com o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf. O encontro mais recente entre o ministro e o presidente da República foi ontem, no Palácio do Planalto. Bolsonaro, com 65 anos, e Guedes, de 70 anos, fazem parte do chamado grupo de risco para o coronavírus. A população acima de 60 anos é considerada mais vulnerável à doença.”

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email