PF faz operação no Congresso e implode o PP

A Polícia Federal realiza na manhã desta terça-feira (24) operação no Congresso Nacional, que tem como alvos o deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) e o senador Ciro Nogueira (PP-PI), presidente do PP, que traiu a presidente Dilma Rousseff, participou do golpe de 2016, e passou a comandar, na administração de Michel Temer, o ministério da Saúde e a Caixa Econômica Federal; eles são suspeitos da prática de obstrução de Justiça; além dos mandados de busca e apreensão contra os parlamentares, também foi expedido um mandado de prisão contra o ex-deputado Márcio Junqueira, de Roraima

A Polícia Federal realiza na manhã desta terça-feira (24) operação no Congresso Nacional, que tem como alvos o deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) e o senador Ciro Nogueira (PP-PI), presidente do PP, que traiu a presidente Dilma Rousseff, participou do golpe de 2016, e passou a comandar, na administração de Michel Temer, o ministério da Saúde e a Caixa Econômica Federal; eles são suspeitos da prática de obstrução de Justiça; além dos mandados de busca e apreensão contra os parlamentares, também foi expedido um mandado de prisão contra o ex-deputado Márcio Junqueira, de Roraima
A Polícia Federal realiza na manhã desta terça-feira (24) operação no Congresso Nacional, que tem como alvos o deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) e o senador Ciro Nogueira (PP-PI), presidente do PP, que traiu a presidente Dilma Rousseff, participou do golpe de 2016, e passou a comandar, na administração de Michel Temer, o ministério da Saúde e a Caixa Econômica Federal; eles são suspeitos da prática de obstrução de Justiça; além dos mandados de busca e apreensão contra os parlamentares, também foi expedido um mandado de prisão contra o ex-deputado Márcio Junqueira, de Roraima (Foto: Leonardo Attuch)

Brasília 247 – A Polícia Federal realiza na manhã desta terça-feira (24) operação no Congresso Nacional, que tem como alvos o deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) e o senador Ciro Nogueira (PP-PI), presidente do PP, que traiu a presidente Dilma Rousseff, participou do golpe de 2016, e passou a comandar, na administração de Michel Temer, o ministério da Saúde e a Caixa Econômica Federal.

Os mandados estão sendo cumpridos com autorização do STF (Supremo Tribunal Federal). Abaixo reportagem da Reuters:

(Reuters) - A Polícia Federal cumpre na manhã desta terça-feira mandado de busca e apreensão na Câmara dos Deputados como parte de uma nova investigação que tem um parlamentar entre os alvos, de acordo com a emissora de TV GloboNews.

Além do gabinete do parlamentar na Câmara, agentes da PF também foram ao apartamento funcional do deputado investigado, de acordo com a emissora, que não identificou o parlamentar.

Segundo a GloboNews, a operação foi deflagrada pela Polícia Federal em parceria com a Procuradoria-Geral da República, e foi autorizada pelo Supremo Tribunal Federal.

Procurada, a Polícia Federal não respondeu de imediato a um pedido de comentário.

 

Conheça a TV 247

Mais de Brasília

Ao vivo na TV 247 Youtube 247