PF intensifica ações por reajuste salarial

Policiais federais de todo o país pretendem intensificar, a partir desta terça-feira amanhã (11), em Brasília, as ações da categoria por reajuste salarial e melhores condições de trabalho; em alusão à burocracia do setor público, a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) pretende levar à capital federal, na próxima quarta-feira (12), balões infláveis brancos em formato de elefante

Policiais federais de todo o país pretendem intensificar, a partir desta terça-feira amanhã (11), em Brasília, as ações da categoria por reajuste salarial e melhores condições de trabalho; em alusão à burocracia do setor público, a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) pretende levar à capital federal, na próxima quarta-feira (12), balões infláveis brancos em formato de elefante
Policiais federais de todo o país pretendem intensificar, a partir desta terça-feira amanhã (11), em Brasília, as ações da categoria por reajuste salarial e melhores condições de trabalho; em alusão à burocracia do setor público, a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) pretende levar à capital federal, na próxima quarta-feira (12), balões infláveis brancos em formato de elefante (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ivan Richard - Repórter da Agência Brasil

Policiais federais de todo o país pretendem intensificar, a partir de amanhã (11), as ações da categoria por reajuste salarial e melhores condições de trabalho. Em alusão à burocracia do setor público, a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) pretende levar a Brasília, na próxima quarta-feira (12), balões infláveis brancos em formato de elefante.

Em nota, agentes, escrivães e papiloscopistas federais reivindicam melhorias no setor de segurança no país para evitar problemas durante a Copa do Mundo. Segundo o presidente da Fenapef, Jones Borges Leal, faltam agentes para fiscalizar as fronteiras do país e fazer o policiamento no aeroportos. "Em alguns aeroportos não tem nenhum [agente]. Infelizmente, mais de 250 policiais federais abandonam a profissão todos os anos, pois a carreira tem sido duramente sucateada pelo governo", criticou Leal.

Está marcado para amanhã (11), às 14h, uma manifestação dos policiais federais em frente ao edifício-sede do órgão, em Brasília. Já na quarta (12), agentes, escrivães e papiloscopistas pretendem se reunir, às 14h, em frente ao Ministério da Justiça. Na quinta-feira (13), a ação ocorrerá às 9h, novamente em frente ao edifício do órgão, em Brasília.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email