Protesto pede a saída de Sérgio Camargo da Fundação Palmares

O protesto ocorreu na manhã desta sexta-feira, 5, em frente à Fundação Palmares em Brasília – localizada no setor Sul Comercial – contra os ataques de Sérgio Camargo à comunidade negra

(Foto: Carolina Cruz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

DCO - Foi realizado na manhã desta sexta (05) uma manifestação em frente à Fundação Palmares em Brasília – localizada no setor Sul Comercial – contra os ataques de Sérgio Camargo, presidente da fundação, à comunidade negra e pedindo a sua saída imediata.

No ato estiveram presentes membros de terreiros da região, de organizações do movimento negro e do coletivo de negros João Cândido do PCO.

O ato aconteceu também em resposta às recentes declarações de S. Camargo, entre elas as que chama Zumbi dos Palmares de “aquele filho da puta que escravizava pretos” e xingou líderes do candomblé, como a Mãe baiana de Oyá de “filha da puta, macumbeira e miserável”, em áudio vazado em reportagem do jornal O Estado de São Paulo na última terça (02).

O protesto também reivindicou tratamento digno no caso da morte da ex-vereadora do Rio Marielle Franco, ainda sem solução, e da morte do menino Miguel Otávio, de 5 anos, em Recife.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247