Relatório da reforma política será votado terça

O presidente da comissão especial da reforma política, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), informou nesta manhã, durante a reunião do colegiado, que a votação do relatório final foi marcada para terça-feira 19, após encerrado o prazo de vista coletiva solicitada na última terça

O presidente da comissão especial da reforma política, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), informou nesta manhã, durante a reunião do colegiado, que a votação do relatório final foi marcada para terça-feira 19, após encerrado o prazo de vista coletiva solicitada na última terça
O presidente da comissão especial da reforma política, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), informou nesta manhã, durante a reunião do colegiado, que a votação do relatório final foi marcada para terça-feira 19, após encerrado o prazo de vista coletiva solicitada na última terça (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Câmara - O presidente da comissão especial da reforma política, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), abriu há pouco a reunião do colegiado e informou que a votação do relatório final foi marcada para terça-feira (19), após encerrado o prazo de vista coletiva solicitada na última terça.

Segundo Maia, a reunião de hoje será apenas de discussão do parecer apresentado pelo relator Marcelo Castro (PMDB-PI).

Cota feminina

Logo após o início da reunião, a deputada Moema Gramacho (PT-BA) lamentou o fato de o relator, deputado Marcelo Castro (PMDB-PI), não ter incluído em seu parecer as cotas para representação feminina no Legislativo. "Nós já temos mulheres que são grandes lideranças. Não é correto termos 10% de representação no Congresso e sermos mais de 50% da população brasileira", disse.

Gramacho afirmou que a bancada feminina vai apresentar destaque ao relatório para que seja incluída cota para as mulheres. "Não podemos ser subrepresentadas no Parlamento", defendeu.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247