Rollemberg: CLDF tem até próxima semana para evitar parcelamento

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg,a afirmou que o parcelamento de salários do funcionalismo público poderá ser evitado se a Câmara Legislativa aprovar até o fim da próxima semana um projeto que cria um novo sistema de Previdência para os servidores; com a proposta, o governo poderá economizar R$ 170 milhões por mês, que atualmente são pagos para cobrir um rombo que existe na Previdência – e garantir as aposentadorias em dia; o projeto tramitará com pedido de urgência; "Se [a Câmara] aprovar até o fim da semana que vem, teremos condição de garantir o pagamento integral dos aposentados e dos servidores públicos"

Brasília - O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, sanciona a lei que cria o Biotic – Parque Tecnológico. (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Brasília - O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, sanciona a lei que cria o Biotic – Parque Tecnológico. (Marcelo Camargo/Agência Brasil) (Foto: Leonardo Lucena)

Brasília 247 - O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg,a afirmou que nesta quarta-feira (23) que o parcelamento de salários do funcionalismo público poderá ser evitado se a Câmara Legislativa aprovar até o fim da próxima semana um projeto que cria um novo sistema de Previdência para os servidores. Com a proposta, o governo poderá economizar R$ 170 milhões por mês, que atualmente são pagos para cobrir um rombo que existe na Previdência – e garantir as aposentadorias em dia. O projeto tramitará com pedido de urgência.

"Se [a Câmara] aprovar até o fim da semana que vem, teremos condição de garantir o pagamento integral dos aposentados e dos servidores públicos", disse o chefe do executivo durante entrevista concedida ao G1.

Questionado sobre a eficiência da medida a longo prazo, o Rollemberg afirmou que a proposta "resolve o problema por alguns anos". O governador disse a proposta pode solucionar a questão de falta de verba de forma rápida. "Precisamos disso para garantir o pagamento integral em dia", acrescentou.

De acordo com Rollemberg, não está descartada a opção de privatizar alguma empresa do GDF. Nos bastidores está sendo discutida a privatização da CEB. "É importante que esse debate seja feito, mas isso naõ resolve o problema de imediato. Nosso problema é de curto prazo. Estamos aberto a fazer o debate, mas não estamos colocando o assunto neste momento", complementou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247