Servidor da PF ameaça atropelar antifascistas em ato no DF

Em grupo da UnB, homem comenta: "Eu vou de carro para passar por cima de quem restringir a minha liberdade". PF abriu investigação

Manifestação na Avenida Paulista em São Paulo
Manifestação na Avenida Paulista em São Paulo (Foto: Pam Santos)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Do Metrópoles - A Polícia Federal (PF) apura a conduta de um servidor que publicou em rede social mensagens de ódio em grupo da Universidade de Brasília (UnB). De acordo com a corporação, Odilton Sousa Júnior é técnico administrativo da PF e estudante do curso de direito na instituição de ensino superior.

A postagem, sob análise da corporação, faz menção a uma manifestação marcada para o próximo dia 7 pelo chamado grupo de esquerda Antifa (antifascistas).

Na publicação, o servidor diz que ficar em casa deixou de ser “conveniente”. E escreve nos comentários, logo abaixo da postagem principal: “Eu vou de carro para passar por cima de quem restringir a minha liberdade”.

Confira:

Post ameaça a antifascistas

Continue lendo no Metrópoles.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247