Vírus 'não é brincadeira', diz Maia na volta à Câmara após Covid-19

De volta ao Congresso após ter contraído o coronavírus, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou que a doença "não é brincadeira" e defendeu o uso de máscaras. "Não fui internado por pouco", disse

Rodrigo Maia
Rodrigo Maia (Foto: Najara Araujo/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), voltou ao Congresso Nacional pela primeira vez após o diagnóstico de coronavírus. O parlamentar afirmou nesta quinta-feira (8) que a doença "não é brincadeira" e defendeu o uso de máscaras, "fundamental para que o vírus não continue se propagando". Segundo Maia,  20% do pulmão foi comprometido pelo vírus.

"De hoje até a vacina, em todo lugar público que eu estiver, vou estar usando máscara, tentando mostrar a todos que essa não é uma doença que seja conhecida", disse ele, que participou de um evento da Frente Parlamentar Mista da Reforma Administrativa no Congresso Nacional, ao lado do ministro Paulo Guedes (Economia). 

"Não fui internado por pouco. Agradeço não apenas à equipe que cuidou da minha saúde, mas às equipes do serviço público principalmente, dos médicos, profissionais de saúde, que já cuidaram de milhões de brasileiros", acrescentou. 

O deputado se recusou a tirar o equipamento de proteção durante a entrevista. Antes ele costumava retirar a máscara para falar ao microfone.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247