Bahia: ACM cai 9 pontos, enquanto Jerônimo, do PT, sobe 19 e vai a 32%, diz Ipec

Na disputa pelo governo da Bahia, ACM Neto, o líder, cai para 47%, enquanto candidato do PT, Jerônimo Rodrigues, subiu de 13% para 32%

www.brasil247.com - ACM Neto e Jerônimo Rodrigues
ACM Neto e Jerônimo Rodrigues (Foto: Divulgação)


247 - Na disputa ao governo da Bahia, o candidato ACM Neto (União Brasil), que lidera as pesquisas de intenção de voto, caiu 9 pontos e foi para 47%, segundo levantamento do Ipec divulgado nesta sexta-feira, 23. Na pesquisa anterior, de 26 de agosto, ACM tinha 56%.

Por outro lado, o candidato do PT, partido atualmente no governo, Jerônimo Rodrigues, avançou 19 pontos e foi de 13% para 32%.

Eles são seguidos por João Roma (PL, partido de Jair Bolsonaro), com 6%; e Marcelo Millet (PCO) e Kleber Rosa (PSOL), com 1%. Giovani Damico (PCB) não pontuou. Brancos e nulos somaram 4%, enquanto “não sabem” são 8%.

No segundo turno entre ACM e Jerônimo, o ex-prefeito de Salvador vence com 52% contra 35% do petista.

Senado

Na disputa pelo Senado, Otto Alencar (PSD) está na liderança com 41%, seguido por Cacá Leão (PP), que tem 19%; Raissa Soares (PL), 9%; e Tâmara Azevedo (PSOL), Marcelo Barreto (PMN) e Cícero Araújo (PCO), cada um com 3%. Brancos e nulos somaram 10%, enquanto “não sabem” são 13%.

A pesquisa

A sondagem ouviu 1.504 pessoas entre 20 e 22 de setembro em 72 municípios da Bahia. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou menos. A consulta está registrada na Justiça Eleitoral sob número BA-05576/2022.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email