Flávio Dino: Bolsonaro não apenas fala absurdos, “ele faz”

"Bolsonaro não apenas fala absurdos. Falar já é grave. Mas ele faz absurdos", afirmou o governador do Maranhão, Flávio Dino, em referência a Jair Bolsonaro. "Ele não tem sensatez nem sensibilidade social. Espero que o Congresso e o Supremo salvem o Brasil", disse

Flávio Dino defende frente ampla: isso não quer dizer aliança eleitoral.
Flávio Dino defende frente ampla: isso não quer dizer aliança eleitoral. (Foto: Brasil247)

247 - O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), criticou a Medida Provisória de Jair Bolsonaro autorizando empresas a suspender o contrato de trabalho com funcionários por até quatro meses por causa dos casos de coronavírus no Brasil. 

"Bolsonaro não apenas FALA absurdos. Falar já é grave. Mas ele FAZ absurdos. Ele não tem sensatez nem sensibilidade social. Espero que o Congresso e o Supremo salvem o Brasil", escreveu o chefe do Executivo maranhense no Twitter.

"Caminho certo: mobilizar crédito abundante dos bancos públicos para MANTER salários dos trabalhadores, sem quebrar empresas. Caminho errado: jogar trabalhadores à própria sorte sem nenhuma proteção. O caminho certo tem sido adotado em vários países. O caminho errado só no Brasil", acrescentou.

 

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247