Juízes querem denúncia contra Cid por tentativa de homicídio

Segundo a União Nacional dos Juízes Federais do Brasil (Unajuf), "com intenção dolosa, previamente orquestrada e amplamente anunciada", o senador licenciado Cid Gomes (PDT-CE) "arremessou" a retroescavadeira contra as pessoas que estavam em frente ao quartel da PM em Sobral

Senador licenciado Cid Gomes foi atingido por tiros em Sobral (CE)
Senador licenciado Cid Gomes foi atingido por tiros em Sobral (CE) (Foto: Reprodução)

247 - A União Nacional dos Juízes Federais do Brasil (Unajuf) pediu nesta quinta-feira (20) ao procurador-geral da República, Augusto Aras, que denuncie o senador licenciado Cid Gomes (PDT-CE), de 56 anos, por tentativa de homicídio qualificado "com emprego de meio resultante em perigo comum" e de "impossibilidade de defesa das vítimas".

O parlamentar foi atingido por dois tiros nesta quarta-feira (19) ao tentar derrubar, a bordo de uma retroescavadeira, o portão de um quartel da Polícia Militar que era ocupado por soldados grevistas no município de Sobral, no interior do Ceará. A categoria pede aumento salarial. 

Segundo a representação, "com intenção dolosa, previamente orquestrada e amplamente anunciada", o senador "arremessou" a retroescavadeira contra as pessoas que estavam em frente ao portão do quartel da PM em Sobral. O meio utilizado por Cid "indica um real e potencial risco do evento morte daqueles que ali estavam", disse a Unajuf.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247.Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247