Número de crimes letais cai 18% na Grande Ilha

A diminuição dos Crimes Violentos Letais Intencionais – CVLIs na Região Metropolitana de São Luís foi crescente entre os anos 2015 e 2016; de janeiro a julho deste ano foram 374 casos deste tipo – 18% menor que no ano anterior, quando totalizaram 455 casos; o que mostra que a gestão superou a si na contenção de ocorrências; os dados da gestão Flávio Dino são ainda menores que os registrados em 2014, quando somaram 468 CVLIs – o atual governo conseguiu diminuir a criminalidade já no primeiro ano da gestão com queda de 3% nos registros

A diminuição dos Crimes Violentos Letais Intencionais – CVLIs na Região Metropolitana de São Luís foi crescente entre os anos 2015 e 2016; de janeiro a julho deste ano foram 374 casos deste tipo – 18% menor que no ano anterior, quando totalizaram 455 casos; o que mostra que a gestão superou a si na contenção de ocorrências; os dados da gestão Flávio Dino são ainda menores que os registrados em 2014, quando somaram 468 CVLIs – o atual governo conseguiu diminuir a criminalidade já no primeiro ano da gestão com queda de 3% nos registros
A diminuição dos Crimes Violentos Letais Intencionais – CVLIs na Região Metropolitana de São Luís foi crescente entre os anos 2015 e 2016; de janeiro a julho deste ano foram 374 casos deste tipo – 18% menor que no ano anterior, quando totalizaram 455 casos; o que mostra que a gestão superou a si na contenção de ocorrências; os dados da gestão Flávio Dino são ainda menores que os registrados em 2014, quando somaram 468 CVLIs – o atual governo conseguiu diminuir a criminalidade já no primeiro ano da gestão com queda de 3% nos registros (Foto: Leonardo Lucena)

Maranhão 247 - A diminuição dos Crimes Violentos Letais Intencionais – CVLIs na Região Metropolitana de São Luís foi crescente entre os anos 2015 e 2016. De janeiro a julho deste ano foram 374 casos deste tipo – 18% menor que no ano anterior, quando totalizaram 455 casos. O que mostra que a gestão superou a si na contenção de ocorrências. Neste grupo estão inclusos os homicídios, lesões corporais seguidas de morte e latrocínios (roubos seguidos de mortes).

Os dados da gestão Flávio Dino são ainda menores que os registrados em 2014, quando somaram 468 CVLIs – o atual governo conseguiu diminuir a criminalidade já no primeiro ano da gestão com queda de 3% nos registros. Os dados são da Secretaria Estadual de Segurança Pública.

Se pontuados apenas os homicídios, os índices de queda são ainda mais significativos. No primeiro ano da gestão, em 2015, foram 403 homicídios, 7% menor que os números de 2014 com 432 casos. Neste primeiro semestre de 2016 foram 347 registros de mortes – 14% menor que os do ano passado.

Este trabalho intensivo das polícias fez com que o Maranhão ultrapassasse a meta da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), órgão que integra o Ministério da Justiça. A Senasp determina o alcance anual de 5% na redução de crimes, com a totalização de 20% no período de quatro anos. O Maranhão ultrapassou essa meta já no primeiro ano da gestão, com 7,8% de queda nas ocorrências.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247