PM de Alagoas exonera subcomandante bolsonarista que ataca opositores nas redes sociais

Tenente-coronel Marcos Vanderlei foi exonerado do cargo de subcomandante do Comando de Policiamento da Capital

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O tenente-coronel Marcos Vanderlei, da Polícia Militar de Alagoas, foi exonerado do cargo de subcomandante do Comando de Policiamento da Capital (CPC) após publicar nas suas redes sociais uma foto em que aparece abraçado com Jair Bolsonaro. A foto foi feita no dia 13 de maio, quando Bolsonaro cumpriu agenda no Estado. A informação é do jornal O Globo

Nas redes sociais, o tenente-coronel afirmou que sua saída do cargo teria acontecido em função do apoio dado por ele a Jair Bolsonaro e das críticas que faz ao governador Renan Filho (MDB-AL), e a seu pai, o senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid-19.

“Segundo o Comandante Geral da Polícia Militar de Alagoas a determinação (para a exoneração) partiu do Palácio dos Palmares (sede do governo estadual) com o pretexto que minhas publicações nas redes sociais são contrárias ao governo e ao senador Renan Calheiros, além de ser favorável do Presidente Bolsonaro e sua gestão”, postou.

PUBLICIDADE

Marcos Vanderlei costuma utilizar as redes sociais para defender e apoiar Bolsonaro e atacar seus opositores. Ele já fez ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O militar também fez postagens criticando as vacinas contra a Covid-19, com destaque para a CoronaVac.

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais: 

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE

Apoie o 247

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email