Roseana teme ação judicial e se afasta de Murad

A ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney (PMDB) defendia até o mês passado a candidatura do ex-secretário Ricardo Murad à prefeitura de São Luís pela sigla peemedebista em 2016; mas, depois dos rumores de que o ex-dirigente seria acionado na Justiça por irregularidades e denúncias de corrupção, Roseana preferiu se distanciar do seu cunhado; o juiz federal José Carlos do Vale Madeira bloqueou R$ 17,5 milhões de Murad e de outras onze pessoas acusadas de irregularidades nos procedimentos licitatórios na pasta da Saúde

A ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney (PMDB) defendia até o mês passado a candidatura do ex-secretário Ricardo Murad à prefeitura de São Luís pela sigla peemedebista em 2016; mas, depois dos rumores de que o ex-dirigente seria acionado na Justiça por irregularidades e denúncias de corrupção, Roseana preferiu se distanciar do seu cunhado; o juiz federal José Carlos do Vale Madeira bloqueou R$ 17,5 milhões de Murad e de outras onze pessoas acusadas de irregularidades nos procedimentos licitatórios na pasta da Saúde
A ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney (PMDB) defendia até o mês passado a candidatura do ex-secretário Ricardo Murad à prefeitura de São Luís pela sigla peemedebista em 2016; mas, depois dos rumores de que o ex-dirigente seria acionado na Justiça por irregularidades e denúncias de corrupção, Roseana preferiu se distanciar do seu cunhado; o juiz federal José Carlos do Vale Madeira bloqueou R$ 17,5 milhões de Murad e de outras onze pessoas acusadas de irregularidades nos procedimentos licitatórios na pasta da Saúde (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Maranhão 247 - A ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney (PMDB) defendia até o mês passado a candidatura do ex-secretário Ricardo Murad à prefeitura de São Luís pela sigla peemedebista em 2016. Mas, depois dos rumores de que o ex-dirigente seria acionado na Justiça por irregularidades e denúncias de corrupção, Roseana preferiu se distanciar do seu cunhado. As informações são do jornal Maranhão da Gente.

O juiz federal José Carlos do Vale Madeira bloqueou, na semana passada, R$ 17,5 milhões de Murad e de outras onze pessoas acusadas de irregularidades nos procedimentos licitatórios para a contratação de empresas com o objetivo de elaborar projetos de construção dos hospitais de 20 leitos do programa Saúde É Vida.

De acordo com lideranças do PMDB-MA, Roseana pode ser responsabilizada judicialmente pelos desvios na Secretaria de Saúde, já que era governadora do Estado durante as irregularidades constatadas. Murad tem dito a interlocutores que não aceita ser responsabilizado solitariamente nas denúncias. Uma CPI da Saúde na Assembleia legislativa iniciou o trabalho também iniciou os trabalhos na semana passada.

Roseana evita associação com Murad, mas caso as denúncias sejam comprovadas, a ex-governadora dificilmente terá como escapar das consequências legais da ação.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email