Sobe para 87 o número de mortos por causa das chuvas na Região Metropolitana do Recife

Até o momento, 14 municípios decretaram estado de emergência em decorrência das fortes chuvas que assolam o Grande Recife desde a semana passada

www.brasil247.com -
(Foto: Diegro Nigro/Reuters)


247 - Subiu para 87 o número de mortos em decorrência das fortes chuvas que assolam a Região Metropolitana do Recife desde a última quarta-feira (23). Nesta segunda-feira (30), mais três corpos foram encontrados no Jardim Monte Verde, bairro que faz a divisa entre o Recife e o município de Jaboatão dos Guararapes. De acordo com o Governo do Estado, até o final da tarde do domingo, ao menos 56 pessoas estavam desaparecidas e o número de desabrigados chegava a 3,5 mil. 

O bairro de Jardim Monte Verde foi o que registrou o número mais alto de vítimas fatais em decorrência das chuvas dos últimos dias. Ali, mais de 20 pessoas morreram soterradas em função dos deslizamentos de barreiras. Segundo o Corpo de Bombeiros ainda há desaparecidos debaixo dos escombros e da lama. As buscas estão sendo realizadas pelos próprios, além de soldados do Exército e bombeiros militares de Pernambuco e de outros estados.

Neste domingo (29), o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), afirmou que o estado iria liberar R$ 100 milhões para os municípios atingidos pelas chuvas. “Estamos liberando R$ 100 milhões para os municípios atingidos pelas chuvas. Os recursos estarão disponíveis nesta semana para auxiliar as cidades no trabalho de busca e salvamento e para obras urgentes e de infraestrutura”, disse.  Até o momento 14 cidades já decretaram estado de emergência. 

O Ministério da Defesa informou que enviou 400 militares das Forças Armadas para auxiliar no resgate de vítimas na região e Jair Bolsonaro afirmou que deverá se deslocar para Pernambuco nesta segunda-feira para “se inteirar da tragédia” provocada pelas chuvas. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email