STJ manda soltar ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho

O ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho foi preso na última quinta-feira, após retornar de uma viagem à Europa. A decisão liminar, ou seja, temporária

Brasília - Governador da Paraíba, Ricardo Vieira Coutinho, fala á imprensa após reunião com o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto (Antonio Cruz/Agência Brasil)
Brasília - Governador da Paraíba, Ricardo Vieira Coutinho, fala á imprensa após reunião com o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto (Antonio Cruz/Agência Brasil) (Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro Napoleão Nunes Maia Filho, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), atendeu o pedido de habeas corpus e decidiu pela soltura do ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB).

A decisão liminar, ou seja, temporária. O ex-governador está preso na Penitenciária Média de Mangabeira, em João Pessoa, desde a última quinta-feira (19), na sétima fase da Operação Calvário, que apura desvios na saúde e educação da Paraíba. Coutinho é o principal nome do PSB e foi acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) como o chefe da organização por desvios de dinheiro público.

Nesta sexta-feira, a ministra Laurita Vaz, do STJ, havia negado habeas corpus a Coriolano Coutinho e a outros quatro alvos da Operação Calvário. Irmão de Ricardo Coutinho, Coriolano foi preso no último dia 16, também por desvio de dinheiro público.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247