Bernardinho leva escola de vôlei a mais cinco favelas

A primeira escolinha foi no Complexo do Alemo; agora, o tcnico quer levar o projeto para outras comunidades onde h UPPs

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Depois de instalar no Complexo do Alemão sua escola de vôlei para crianças, o técnico Bernardo Rocha de Rezende, o Bernardinho, deve levar, até o final deste ano, o projeto a outras cinco comunidades onde estão implantadas Unidades de Polícia Pacificadora (UPP).

 

Na favela Nova Brasília, no Complexo do Alemão, a Escola de Vôlei do Bernardinho (EVB), inaugurada em setembro, começou com 150 alunos e tem uma lista de espera de outros 400.

 

Segundo o técnico, a ideia do projeto surgiu a partir da pacificação nas favelas, com as UPPs. Nos últimos meses, a equipe de Bernardinho vem analisando a situação de cada comunidade para decidir onde instalar novas EVBs.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247