Bolsonaro viaja em campanha presidencial com dinheiro da Câmara

Com passagens pagas pela Câmara dos Deputados, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ) multiplicou por oito os gastos com viagens a estados fora da sua base eleitoral, em comparação com mandato anterior; o parlamentar é acompanhado pelo filho deputado, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), em muitos dos deslocamentos e o contribuinte termina pagando diárias em hotéis para Eduardo e sua equipe; juntos, pai e filhos gastaram R$ 520 mil em passagens e hospedagens; a informação foi publicada pelo jornalista Lucio Vaz, na Gazeta do Povo

Com passagens pagas pela Câmara dos Deputados, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ) multiplicou por oito os gastos com viagens a estados fora da sua base eleitoral, em comparação com mandato anterior; o parlamentar é acompanhado pelo filho deputado, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), em muitos dos deslocamentos e o contribuinte termina pagando diárias em hotéis para Eduardo e sua equipe; juntos, pai e filhos gastaram R$ 520 mil em passagens e hospedagens; a informação foi publicada pelo jornalista Lucio Vaz, na Gazeta do Povo
Com passagens pagas pela Câmara dos Deputados, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ) multiplicou por oito os gastos com viagens a estados fora da sua base eleitoral, em comparação com mandato anterior; o parlamentar é acompanhado pelo filho deputado, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), em muitos dos deslocamentos e o contribuinte termina pagando diárias em hotéis para Eduardo e sua equipe; juntos, pai e filhos gastaram R$ 520 mil em passagens e hospedagens; a informação foi publicada pelo jornalista Lucio Vaz, na Gazeta do Povo (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio 247 - Com passagens pagas pela Câmara dos Deputados, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ) multiplicou por oito os gastos com viagens a estados fora da sua base eleitoral, em comparação com mandato anterior. O parlamentar é acompanhado pelo filho deputado, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), em muitos dos deslocamentos e o contribuinte termina pagando diárias em hotéis para Eduardo e sua equipe. Juntos, pai e filhos gastaram R$ 520 mil em passagens e hospedagens. As informações foram publicadas pelo jornalista Lucio Vaz, na Gazeta do Povo.

De acordo com números extraídos dos arquivos da Câmara, a pré-campanha de Bolsonaro começou em 2015, quando foram feitos 24 deslocamentos, ao custo total de R$ 45 mil em passagens aéreas. Em 2016 foram15 viagens e gastos de R$ 37 mil. um ano depois, o número de viagens voltou a subir: 19 cidades em 26 deslocamentos, com despesas de R$ 46 mil.

Somando com os eventos deste ano, foram 71 viagens, ao custo total de R$ 139 mil. Ele visitou pelo menos 28 cidades em 18 estados. No mandato de 2011 a janeiro de 2015, foram16 viagens, com despesas de R$ 16,3 mil.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247