Bretas vê juízes sob ameaça e Pimenta lembra de inocentes ameaçados

Responsável pela Lava Jato no Rio de Janeiro e pela polêmica sentença que condenou o Almirante Othon, pai do programa nuclear brasileiro a mais de 40 anos de prisão, o juiz Marcelo Bretas disse que juízes do TRF-4 estão sob ameaça e defendeu uma justiça "temida e reverenciada"; o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) rebateu, dizendo que muitos brasileiros estão sendo ameaçados pelo fim de garantias constitucionais, como aconteceu com o reitor Luiz Cancellier, que, vítima de injustiça, se matou; no dia 24, o ex-presidente Lula pode ser condenado sem provas, ameaçando as esperanças de 50 milhões de eleitores, que hoje votariam nele

Responsável pela Lava Jato no Rio de Janeiro e pela polêmica sentença que condenou o Almirante Othon, pai do programa nuclear brasileiro a mais de 40 anos de prisão, o juiz Marcelo Bretas disse que juízes do TRF-4 estão sob ameaça e defendeu uma justiça "temida e reverenciada"; o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) rebateu, dizendo que muitos brasileiros estão sendo ameaçados pelo fim de garantias constitucionais, como aconteceu com o reitor Luiz Cancellier, que, vítima de injustiça, se matou; no dia 24, o ex-presidente Lula pode ser condenado sem provas, ameaçando as esperanças de 50 milhões de eleitores, que hoje votariam nele
Responsável pela Lava Jato no Rio de Janeiro e pela polêmica sentença que condenou o Almirante Othon, pai do programa nuclear brasileiro a mais de 40 anos de prisão, o juiz Marcelo Bretas disse que juízes do TRF-4 estão sob ameaça e defendeu uma justiça "temida e reverenciada"; o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) rebateu, dizendo que muitos brasileiros estão sendo ameaçados pelo fim de garantias constitucionais, como aconteceu com o reitor Luiz Cancellier, que, vítima de injustiça, se matou; no dia 24, o ex-presidente Lula pode ser condenado sem provas, ameaçando as esperanças de 50 milhões de eleitores, que hoje votariam nele (Foto: Leonardo Attuch)

247 – Responsável pela Lava Jato no Rio de Janeiro e pela polêmica sentença que condenou o Almirante Othon, pai do programa nuclear brasileiro a mais de 40 anos de prisão, o juiz Marcelo Bretas disse que juízes do TRF-4 estão sob ameaça e defendeu uma justiça "temida e reverenciada".

Oo deputado Paulo Pimenta (PT-RS) rebateu, dizendo que muitos brasileiros estão sendo ameaçados pelo fim de garantias constitucionais, como aconteceu com o reitor Luiz Cancellier, que, vítima de injustiça, se matou.

No dia 24, o ex-presidente Lula pode ser condenado sem provas, ameaçando as esperanças de 50 milhões de eleitores, que hoje votariam nele.

Confira abaixo o tweet de Bretas:

Confira ainda o tweet de Pimenta:

Inscreva-se na TV 247 e veja o vídeo em que o governador e juiz Flavio Dino, aprovado em primeiro lugar no mesmo concurso que Sergio Moro, explica didaticamente por que Lula foi condenado sem provas:

Conheça a TV 247

Mais de Sudeste

Ao vivo na TV 247 Youtube 247