Candidata a vereadora do PT é agredida por bolsonarista em ato de campanha e fica desacordada

247 - A candidata a vereadora de Cachoeiro de Itapemirim (ES) Elizangela Altoé (PT) foi alvo de um ataque promovido por um empresário apoiador de Jair Bolsonaro durante compromisso de campanha na sexta-feira (13). A agressão teria começado contra outras mulheres que acompanhavam Altoé durante uma panfletagem no bairro Novo Parque. 

Altoé foi defendê-las e foi alvo de socos do homem. Ao tentar se defender, foi jogada no chão e ficou desacordada. A informação foi publicada pelo Jornal Online, do Espírito Santo.

"Hoje vim à delegacia de Polícia Civil de Cachoeiro, acompanhada de meus advogados, para representar contra a agressão que sofri ontem no bairro de Novo Parque", disse a candidata em vídeo publicado nesta manhã.

De acordo com a assessoria da candidata, "o empresário a empurrou no chão, jogou um copo de cerveja em sua faze e proferiu diversas ofensas verbais a ela, que em face a agressão não pode se defender".

A presidente estadual do PT, Jackeline Oliveira Rocha. "A violência sofrida por Elisângela representa um ataque direto às mulheres, pela covardia existente na atitude repugnante, nefasta e cruel no Estado que possui índices alarmantes de brutalidade de gênero", afirmou.

"Representa violência contra a democracia porque não se respeita aquele que pensa diferente, nem o processo eleitoral em curso que discute justamente os problemas da cidade", acrescentou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio