Ciclovia Tim Maia é fechada devido a ressaca do mar

A ciclovia Tim Maia, no trecho entre São Conrado e Barra da Tijuca, foi fechada às 9h20 desta quinta-feira (18) pela prefeitura do Rio de Janeiro, devido à ressaca do mar; a medida foi tomada devido ao registro de ondas com mais de 2 metros de altura e período de pico maior do que 15 segundos, um dos protocolos para o fechamento da ciclovia; em abril do ano passado, uma parte da estrutura desabou durante uma ressaca no costão rochoso do bairro do Vidigal e matou as duas pessoas que passavam no local

Rio de Janeiro - Desabamento de parte da recém-inaugurada ciclovia Tim Maia, na Avenida Niemeyer, durante uma ressaca no mar de São Conrado, deixa mortos e feridos (Fernando Frazão/Agência Brasil)
Rio de Janeiro - Desabamento de parte da recém-inaugurada ciclovia Tim Maia, na Avenida Niemeyer, durante uma ressaca no mar de São Conrado, deixa mortos e feridos (Fernando Frazão/Agência Brasil) (Foto: Leonardo Lucena)

Agência Brasil

A ciclovia Tim Maia, no trecho entre São Conrado e Barra da Tijuca, foi fechada às 9h20 desta quinta-feira (18) pela prefeitura do Rio de Janeiro, devido à ressaca do mar. A medida foi tomada devido ao registro de ondas com mais de 2 metros de altura e período de pico maior do que 15 segundos, um dos protocolos para o fechamento da ciclovia.

As condições do mar e de ventos são os principais critérios de ativação das ações da prefeitura do Rio para garantir a segurança dos usuários. 

Os protocolos de interdição são acionados quando se registram ondas com altura igual ou maior que 2 metros, e com período de pico igual ou maior a 15 segundos; ou quando o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) aponta registros de ventos iguais ou superiores a 90 km/h.

A prefeitura recomenda que a população evite permanecer em mirantes na orla ou em locais próximos ao mar durante o período de ressaca e respeite as orientações de fechamento em sinalizações e de agentes públicos na ciclovia.

Ressaca

A Marinha do Brasil informa que ondas de até 3 metros de altura podem atingir o litoral do Rio de Janeiro até as 9h de sábado (20). A população deve evitar o banho de mar em áreas que estejam em condições de ressaca e evitar a prática de esportes no mar. Além disso, os pescadores devem evitar navegar em pequenas embarcações durante o período de ressaca.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247