Com sangramento no estômago, Covas é transferido para UTI e está intubado

"O prefeito Bruno Covas foi encaminhado para Unidade de Terapia Intensiva submetendo-se à intubação oro-traqueal e recebendo as medidas adequadas de suporte clínico", informou o Hospital Sírio-Libanês

Bruno Covas
Bruno Covas (Foto: Leon Rodrigues/SECOM)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), foi transferido nesta segunda-feira (3) para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e intubado no Hospital Sírio-Libanês após detecção de um sangramento no estômago. 

O mais recente boletim médico desta segunda informa que o prefeito "demonstrou sangramento no local do tumor inicial, que está sendo controlado com medidas de hemostasia local". 

"O prefeito Bruno Covas foi encaminhado para Unidade de Terapia Intensiva submetendo-se à intubação oro-traqueal e recebendo as medidas adequadas de suporte clínico", informou o hospital. 

Ontem (2), Covas se licenciou do cargo para tratar novos focos do câncer agressivo do sistema digestivo. O tucano deixará o posto ao vice-prefeito, Ricardo Nunes (MDB).

"Com o surgimento de novos focos, o Prefeito de São Paulo precisará de dedicação integral ao tratamento e entende que não será compatível com as suas responsabilidades e compromisso com a cidade e os paulistanos", diz a Prefeitura em nota. 

Em suas redes sociais, o prefeito disse que tem sido "o mais transparente possível com a situação" de sua saúde e agradeceu o apoio e carinho. "Obrigado a todos. O apoio e carinho que recebo é essencial para superar os desafios que venho enfrentando. Com força, foco e fé, venceremos", disse Covas.

Com informações da CNN Brasil. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email