Damous critica transmissão de julgamento no STJ: 'linchamento midiático'

Deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) criticou a transmissão do julgamento do habeas corpus preventivo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por parte do Superior Tribunal de Justiça (STJ); "O STJ entra na era do processo penal do espetáculo, onde o que vale é o clamor punitivo e abre espaço não para um julgamento isento e sim para linchamentos midiáticos", postou no Twitter

Deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) e ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva .2
Deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) e ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva .2 (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio 247 - O deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) criticou a transmissão do julgamento do habeas corpus preventivo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por parte do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

"O STJ entra na era do processo penal do espetáculo, onde o que vale é o clamor punitivo e abre espaço não para um julgamento isento e sim para linchamentos midiáticos", postou nas redes sociais acerca do julgamento eu acontece nesta terça-feira (6).

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247