‘Dê valor para nós’: garis pedem para a população ficar em casa durante a pandemia

Em vídeo, os garis da Comlurb, no Rio de Janeiro, estão denunciando falta de equipamentos necessários para se prevenir do coronavírus

(Foto: Reprodução)

247 - Um grupo de garis viralizou nas redes sociais, pedindo para a população ficar em casa. O vídeo foi publicado no Twitter e já atingiu milhares de pessoas. A categoria não parou diante do coronavírus.

No vídeo, um dos garis diz: "nós só queríamos falar para vocês o seguinte: com chuva, sem chuva, com sol, sem sol, com coronavírus, sem coronavírus, nós estamos aí, tá? Na coleta, correria, tirando seu lixo, para evitar proliferação de doenças, enquanto vocês estão de casa de quarentena, beleza?". 

"Dê valor para nós, os garis. Dá valor quando você for embalar seu lixo. Não deixar copo quebrado, vidro, nada pontiagudo. Dá valor para a rapaziada que tá no corre", concluiu.

No Rio de Janeiro, garis reclamam da falta de equipamentos

No Rio de Janeiro, trabalhadores da Comlurb (companhia de limpeza urbana do Muncípio de Rio) estão denunciando a falta de acessórios, como máscaras e calçados específicos, para realizar o trabalho de limpeza da cidade diante do coronavírus.

“Há mais de três anos que não recebemos uniforme ou botina. Tem gari trabalhando com os próprios sapatos”, afirma uma funcionária, que acrescenta que na gerência a que serve faltam insumos básicos. “Não tem álcool, papel-toalha e sabão para lavar a mão”, diz.

“Não tem máscara para os garis. Eles não estão nem aí se a gente pode se infectar ou não. Eu não acredito que o prefeito não saiba disso”, acrescenta. Outro funcionário diz que “a empresa dá a informação de que tem tudo. Suporte todo. Mas, na gerência, não tem esse suporte para dar”.

A empresa, em nota, negou que faltem produtos de higiene. “Todas as gerências estão com o estoque regularizado de água, sabão, produtos de limpeza e de higiene, bem como luvas e máscaras. Todos os garis têm luvas”, afirmou. Para a Comlurb, “o uso de máscaras é para uso de profissionais da área de Saúde e para aqueles que estão doentes”.

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247