Deslizamento após chuva mata dois em Petrópolis

Um deslizamento provocado pelas chuvas matou duas pessoas em Petrópolis, região serrana do Rio; os corpos de um homem e de uma mulher, que estavam em suas casas atingidas por terra e rocha, foram resgatados por equipes do Corpo de Bombeiros, no bairro de Quitandinha; como há risco de novos deslizamentos, a rua permanece interditada e toda a área foi isolada; os moradores da região foram orientados a sair de casa e seguir para locais seguros

Um deslizamento provocado pelas chuvas matou duas pessoas em Petrópolis, região serrana do Rio; os corpos de um homem e de uma mulher, que estavam em suas casas atingidas por terra e rocha, foram resgatados por equipes do Corpo de Bombeiros, no bairro de Quitandinha; como há risco de novos deslizamentos, a rua permanece interditada e toda a área foi isolada; os moradores da região foram orientados a sair de casa e seguir para locais seguros
Um deslizamento provocado pelas chuvas matou duas pessoas em Petrópolis, região serrana do Rio; os corpos de um homem e de uma mulher, que estavam em suas casas atingidas por terra e rocha, foram resgatados por equipes do Corpo de Bombeiros, no bairro de Quitandinha; como há risco de novos deslizamentos, a rua permanece interditada e toda a área foi isolada; os moradores da região foram orientados a sair de casa e seguir para locais seguros (Foto: Voney Malta)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Paulo Virgílio/Agência Brasil - A Secretaria de Defesa Civil e Segurança Pública do município de Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, confirmou na manhã de hoje (15) a morte de uma mulher de 49 anos e de um homem de 70 anos, vítimas do deslizamento de terra e de rochas ocorrido no fim da noite passada no bairro de Quitandinha.

Os corpos foram resgatados por equipes do Corpo de Bombeiros e estavam em uma das casas atingidas na Rua Uruguai, área considerada nobre da cidade serrana. As vítimas foram identificadas como Consuelo de Carmo e Paulo Roberto Souza.

O deslizamento atingiu pelo menos quatro casas e as buscas pelas duas vítimas foram iniciadas logo depois do incidente, por volta das 23h. O trabalho chegou a ser interrompido pouco depois das 3h, por conta da chuva, da pouca visibilidade e da instabilidade em toda a área, mas foi retomado esta manhã.

De acordo com nota divulgada pela prefeitura de Petrópolis, o prefeito Rubens Bomtempo está no local e manifestou solidariedade às famílias das vítimas. O secretário de Defesa Civil e Segurança Pública, Rafael Simão, fez um apelo para que as pessoas não se dirijam à região e advertiu que a presença de curiosos atrapalha o trabalho das equipes que atuam no local.

Risco

A rua permanece interditada, com risco iminente de novos deslizamentos, e toda a área foi isolada. Os moradores da região foram orientados a sair de casa e seguir para locais seguros.

Segundo a Defesa Civil, a Igreja Santíssima Trindade e o posto de saúde que funciona no prédio anexo à igreja permanecem abertos, servindo como ponto de apoio. O Centro de Educação Infantil Chiquinha Rola também está aberto como opção aos moradores da região.

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247