Dimas Covas critica politização de vacina por Bolsonaro e questiona: 'se está disponível, por que não usá-la?'

"A vacina está disponível, por que não usá-la? Por que atrasar o uso dessa vacina?", questionou o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas. O dirigente destacou que a vacina da Sinovac "foi duramente criticada" por Jair Bolsonaro "pelo fato de ser feita em associação com a China, como se fosse um pecado". "Sendo que isso é uma virtude", afirmou Covas

Dimas Covas, presidente do Instituto Butantan (SP)
Dimas Covas, presidente do Instituto Butantan (SP) (Foto: GOVSP)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, demonstrou irritação ao comentar as negociações para uso da vacina desenvolvida pela autarquia paulista em parceria com a farmacêutica Sinovac. Em coletiva de imprensa, o dirigente destacou que nenhuma companhia apresentou dados detalhados, como fez o Butantan, antes de receber autorização de uso pelas agências governamentais. 

"A vacina está disponível, por que não usá-la? Por que atrasar o uso dessa vacina? Ela tem segurança, eficácia, todos os requisitos que justificam seu uso emergencial", disse.

Em sua entrevista, o diretor também criticou a politização da vacina da Sinovac por Jair Bolsonaro. A vacina, disse Covas, "foi duramente criticada pelo fato de ser feita em associação com a China, como se fosse um pecado". "Sendo que isso é uma virtude. Se isso não tivesse acontecido, não estaríamos com milhões de doses na prateleira aguardando autorização de uso", afirmou.

"O Butantan é um instituo de pesquisa público que pretende que essas vacinas sejam destinadas ao público. Não somos uma companhia, não temos ações na Bolsa, não temos outro objetivo que não seja oferecer uma vacina eficaz à população", acrescentou. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247