‘Estamos no período de inflexão e saímos do platô’, informa secretário da Saúde de SP sobre pandemia de Covid-19

A taxa de ocupação dos leitos de UTI no chegou à média geral de 57,8%, nesta sexta-feira, 14, enquanto todas as regiões estão abaixo dos 80%, os menores índices desde o início da pandemia. Além disso, a taxa de letalidade é de 3,9%

(Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governo de São Paulo informou uma melhora da situação da pandemia do coronavírus no estado. A taxa de ocupação dos leitos de UTI no chegou à média geral de 57,8%, nesta sexta-feira, 14, enquanto todas as regiões estão abaixo dos 80%, os menores índices desde o início da pandemia. 

Além disso, a taxa de letalidade é de 3,9% - a mais baixa até agora. "Já estamos no período de inflexão e saímos do platô", afirmou o secretário de Saúde, Jean Gorinchteyn.

O platô ocorre após um pico, quando os números de infectados se estabiliza e permanece sem grandes variações por um período de tempo. "Ainda estamos observando e é cedo para nos anteciparmos, mas é uma grande possibilidade e a luz no fim do túnel que estamos enxergando nas próximas semanas”, disse o secretário.

"O governo de São Paulo conseguiu achatar a curva de mortes, entramos no platô e agora estamos na tendência de queda", afirmou o prefeito da capital Bruno Covas. "Apesar do momento de flexibilização, permanecemos em quarentena. quem puder, permaneça em casa. Se for sair, utilize a máscara”, reforçou.

O último balanço de casos e óbitos divulgado, São Paulo registrou 11.667 casos e 289 óbitos pela doença nas últimas 24 horas. No total, desde o início da pandemia o estado já teve 26.613 mortes pela doença e 686.122 casos.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247