"Estão destruindo a Constituição cidadã de 1988", diz Patrus Ananias

Deputado federal e ex-ministro do Desenvolvimento afirma ser necessário integrar todas as políticas sociais existentes e envolver todos na luta pelo Estado Democrático de Direito para “promover a vida, o bem comum e o projeto de soberania nacional”. Assista na TV 247

Patrus Ananias
Patrus Ananias (Foto: ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal Patrus Ananias (PT-MG), ex-ministro dos governos Lula e Dilma Rousseff, falou ao Pauta Brasil, programa da Fundação Perseu Abramo retransmitido pela TV 247, sobre o papel do Sistema Único de Assistência Social e dos municípios na integração das políticas públicas como a Saúde e Educação.

Ex-prefeito de Belo Horizonte (MG), Ananias disse que sempre buscou “fundar dois pilares fundamentais: a assistência social e a segurança alimentar”.

A integração de programas e seus históricos durante os governos Lula e Dilma foram relatados por ele. “É importante recuperar essas experiências. Essas políticas voltadas para os mais pobres sempre foram muito presentes na minha vida. Tenho refletido que devemos integrar todas as políticas sociais, que convergem no ponto de promover a vida, o bem comum e o projeto de soberania nacional. Portanto, integrar todas as lutas”, disse. Para ele, a luta pelo Estado democrático de direito também precisa envolver todos, pois avalia que “estão destruindo a Constituição cidadã de 1988”.

A operação de desmonte, na visão do parlamentar, começou com o golpe contra Dilma, com a aprovação da Emenda 95, a “Emenda da morte, que gera vinte anos sem investimentos em um país com as potencialidades do Brasil”, lamentou. Ele ainda denunciou que é o sistema financeiro quem está por trás do desmonte, assim como são responsáveis por crimes ambientais como ocorreram em Brumadinho e Mariana, em Minas Gerais, lembrando que a questão ambiental é um tema central hoje.

O Pauta Brasil, programa da Fundação Perseu Abramo, recebe especialistas, lideranças políticas e gestores públicos para discutir os grandes temas da conjuntura política brasileira. Os debates são realizados às segundas, quartas e sextas-feiras, sempre às 17h, e transmitidos ao vivo pela TV 247.

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email