Estoques de vacinas em SP estão no fim e início de vacinação para mais de 80 anos é atrasado

O governo anunciou o início da imunização da faixa entre 80 e 84 anos apenas para o dia 1º de março, com grande atraso no calendário

Febre Amarela: conheça sintomas, transmissão e como funciona a vacina fracionada
Febre Amarela: conheça sintomas, transmissão e como funciona a vacina fracionada (Foto: Clarice Castro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Idosos com mais de 90 anos e, depois, com mais de 85 anos começaram a receber a vacina contra covid-19 na última semana no estado de São Paulo. Mas o governo anunciou o início da imunização da faixa entre 80 e 84 anos apenas para o dia 1º de março, com grande atraso no calendário.  Esta é a data que, segundo o antigo PEI (Plano Estadual de Imunização), idosos acima de 75 anos já estariam tomando a segunda dose.

Segundo reportagem do portal UOL, o governo estadual alega que já falta vacinas e que, em janeiro, aderiu ao PNI (Plano Nacional de Imunização). Até agora, foram distribuídas quase 12 milhões de doses pelo país — o bastante para imunizar apenas 6 milhões de pessoas, menos de 3% da população brasileira.

"Marcamos [as datas] de acordo com a quantidade de vacinas. Não tem vacina. Se conseguirmos, iremos adiantar, como temos feito, mas tudo depende da quantidade de vacina disponível", disse o secretário estadual da Saúde de São Paulo, Jean Gorinchtey

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email