Ex-assessor reforça acusação de 'rachadinha' de deputado do PSL em SP

As investigações sobre um suposto esquema de "rachadinha" na Assembleia Legislativa de São Paulo contaram com mais um depoimento de Alexandre Junqueira, ex-assessor do deputado estadual Gil Diniz (PSL). Junqueira manteve suas acusações e disse que seu ex-chefe manteve um funcionário fantasma no gabinete

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - As investigações sobre um suposto esquema de "rachadinha" na Assembleia Legislativa de São Paulo contaram com mais um depoimento de Alexandre Junqueira, ex-assessor do deputado estadual Gil Diniz (PSL). Junqueira manteve suas acusações e disse que seu ex-chefe manteve um funcionário fantasma no gabinete.

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca que "o inquérito corre em sigilo, mas Junqueira reafirmou à Folha que o deputado e líder do PSL na Casa coagia seus funcionários a devolver parte dos salários e fazia um rodízio de recolhimento em espécie das gratificações. O dinheiro seria usado para pagar contas de apoiadores."

A matéria ainda sublinha que "minutos antes do depoimento, outro assessor do deputado, Felipe Carmona, também esteve no Ministério Público de São Paulo, onde Junqueira foi ouvido. Ele afirmou que iria protocolar autorização para quebra do sigilo de Diniz e de seus funcionários do gabinete para facilitar as investigações."

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247