Falsos policiais são presos após extorquir comerciante na Grande SP

De acordo com depoimento do farmacêutico, os falsos policiais exigiram o pagamento de R$ 10.000, mas aceitou pagar R$ 5.000, se comprometendo a quitar o restante depois. O caso aconteceu em Itapecerica da Serra (SP)

Falsos policiais exigiram de farmacêutico o pagamento de R$ 10 mil
Falsos policiais exigiram de farmacêutico o pagamento de R$ 10 mil (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Três rapazes, de 46, 48 e 50 anos, foram presos na tarde desta quarta-feira (26), sob a suspeita de agirem como falsos policiais civis para extorquir um comerciante, de 31 anos, de Itapecerica da Serra, na Região Metropolitana de São Paulo. De acordo com depoimento do farmacêutico, os falsos policiais exigiram o pagamento de R$ 10.000, mas aceitou pagar R$ 5.000, se comprometendo a quitar o restante depois. 

Em depoimento, o comerciante afirmou que dois dos suspeitos se apresentaram como policiais civis. Um deles usava uma roupa parecida com a instituição. O outro, de preto, portava uma suposta arma de fogo e algemas. 

De acordo com o farmacêutico, os falsos policiais estavam com um papel em mãos afirmando que o documento os autorizava a entrar no comércio e fazer uma inspeção. Em nenhum momento, disse a vítima, ele pôde ler o que tinha no suposto mandado de busca. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247