Freixo indaga se Moro trocou áudios com procuradores. Ministro ignora e não responde

Deputado federal insistiu para que o ministro Sergio Moro respondesse, mas como fez diante de diversas perguntas de deputados federais em audiência na Câmara, ele se esquivou

Marcelo Freixo e Sergio Moro
Marcelo Freixo e Sergio Moro (Foto: Agência Câmara)

247 - O deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) questionou nesta terça-feira 2 o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, se ele trocou mensagens de áudio com procuradores da Lava Jato, uma vez que áudios seriam mais difíceis de serem esquecidos.

Moro se esquivou e não respondeu. Diante da insistência de Freixo, voltou a usar a tese de que algumas mensagens mostravam "sinais de adulteração", sem apontar concretamente quais. "Acho que respondi à pergunta, sim", declarou, sobre nova pergunta de Freixo. "O senhor, mais do que ninguém, coloca a Lava Jato em risco", declarou o deputado.

A indagação foi feita durante audiência na Câmara em que Moro é ouvido sobre os vazamentos da Lava Jato. Participam da reunião integrantes de três colegiados: Constituição e Justiça e de Cidadania; Trabalho, Administração e Serviço Público; e Direitos Humanos e Minorias.

Os editores do site The Intercept, responsável pela publicação das conversas vazadas entre Moro e a Lava Jato, já anunciaram em entrevistas que há áudios a serem divulgados. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247