Funcionários de UBS’s de SP revelam que doses de vacinas contra a Covid-19 são jogadas no lixo

Pelo menos nove Unidades Básicas de Saúde da zona norte de São Paulo têm registro de descartes de doses da CoronaVac e da vacina de Oxford/AstraZeneca.

MPT pode impor restrições a quem se recusar a tomar vacina
MPT pode impor restrições a quem se recusar a tomar vacina (Foto: REUTERS / Adnan Abidi)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Enquanto milhares aguardam pelo sonho de ter acesso à vacina, pelo menos nove Unidades Básicas de Saúde da zona norte de São Paulo têm registro de descartes de doses da CoronaVac e da vacina de Oxford/AstraZeneca. 

Reportagem da Rádio BandNews FM  teve acesso à troca de mensagens de WhatsApp que mostram gestores e funcionários de UBSs contabilizando o desperdício de 44 doses dos imunizantes.

Segundo a reportagem, os funcionários se reuniram em um grupo do aplicativo para falar sobre o estoque e a perda das duas vacinas. Em um trecho da conversa, os profissionais relatam o desperdício de 29 doses do imunizante de Oxford/AstraZeneca e de 15 da CoronaVac.

A vacina Oxford/AstraZeneca é descartada porque cada frasco tem 10 doses e, depois de aberto, a validade é de apenas 6h.Segundo a gestora de uma UBS que prefere não se identificar, a Secretaria Municipal de Saúde orienta que o imunizante seja jogado fora.Não há autorização para aplicação em pessoas fora do grupo prioritário, mesmo diante da possibilidade de desperdício.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email