Garotinho diz que quem tem regalias na prisão é Cabral

A defesa do ex-governador Anthony Garotinho desistiu de pedir a transferência dele do presídio de Bangu para a Cadeia de Benfica, onde Garotinho estava detido anteriormente; a defesa de Garotinho questiona ainda porque o ex-governador Sérgio Cabral não foi transferido para Bangu, uma vez que o Ministério Público constatou regalias de Cabral na Cadeia de Benfica

Rio de Janeiro - O ex-governador Anthony Garotinho é levado preso por agentes da Polícia Federal, para o presídio em Benfica ( Fernando Frazão/Agênci Brasil)
Rio de Janeiro - O ex-governador Anthony Garotinho é levado preso por agentes da Polícia Federal, para o presídio em Benfica ( Fernando Frazão/Agênci Brasil) (Foto: Charles Nisz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio 247 - O advogado Carlos Azeredo esteve com o ex-governador Anthony Garotinho na tarde deste sábado (25) e constatou que as condições dele no presídio de Bangu estão melhores do que no presídio de Benfica, onde havia sérios riscos à integridade física do ex-governador. Por esse motivo, a defesa optou por não pedir a transferência de Garotinho de volta para Benfica, como chegou a ser cogitado no início da manhã.

 A defesa de Garotinho questiona ainda o fato de que o ex-governador Sérgio Cabral não ter sido punido com a transferência até hoje, apesar de terem sido constatadas, reiteradas vezes, que ele se beneficiou de regalias dentro do presídio de Benfica.

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247