Gilmar diz que juiz Glaucenir é fruto do fascismo alimentado pela mídia

O ministro do STF Gilmar Mendes concedeu entrevista nesta sexta-feira (29) ao jornalista José Luiz Datena na Rádio Bandeirantes; segundo Gilmar, o perfil do juiz eleitoral Glaucenir de Oliveira, que mandou prender o ex-governador Anthony Garotinho é fruto do "fascismo alimentado pela mídia"; "Vocês bateram palmas para maluco dançar, incentivaram pessoas que não tinham a menor qualificação. Esse caso de Campos é um caso engraçado. É uma briga lá, da magistratura com o Ministério Público com forças políticas locais. Isso se transformou num grande para personagens menores da história", diz Gilmar

O ministro do STF Gilmar Mendes concedeu entrevista nesta sexta-feira (29) ao jornalista José Luiz Datena na Rádio Bandeirantes; segundo Gilmar, o perfil do juiz eleitoral Glaucenir de Oliveira, que mandou prender o ex-governador Anthony Garotinho é fruto do "fascismo alimentado pela mídia"; "Vocês bateram palmas para maluco dançar, incentivaram pessoas que não tinham a menor qualificação. Esse caso de Campos é um caso engraçado. É uma briga lá, da magistratura com o Ministério Público com forças políticas locais. Isso se transformou num grande para personagens menores da história", diz Gilmar
O ministro do STF Gilmar Mendes concedeu entrevista nesta sexta-feira (29) ao jornalista José Luiz Datena na Rádio Bandeirantes; segundo Gilmar, o perfil do juiz eleitoral Glaucenir de Oliveira, que mandou prender o ex-governador Anthony Garotinho é fruto do "fascismo alimentado pela mídia"; "Vocês bateram palmas para maluco dançar, incentivaram pessoas que não tinham a menor qualificação. Esse caso de Campos é um caso engraçado. É uma briga lá, da magistratura com o Ministério Público com forças políticas locais. Isso se transformou num grande para personagens menores da história", diz Gilmar (Foto: Aquiles Lins)

Rio 247 - O ministro do STF Gilmar Mendes concedeu entrevista nesta sexta-feira (29) ao jornalista José Luiz Datena na Rádio Bandeirantes. Ele criticou a superpopulação carcerária, defendeu o habeas corpus, o Estado de Direito, detonou a mídia, atacou o heroísmo de magistrados, a pirotecnia da PF, ou seja, chutou o balde.

Segundo Gilmar, o perfil do juiz eleitoral Glaucenir de Oliveira, que mandou prender o ex-governador Anthony Garotinho, que teve a prisão revogada por Gilmar, é fruto do "fascismo alimentado pela mídia". 

"Vocês bateram palmas para maluco dançar, incentivaram pessoas que não tinham a menor qualificação. Esse caso de Campos é um caso engraçado. É uma briga lá, da magistratura com o Ministério Público com forças políticas locais. Isso se transformou num grande para personagens menores da história", diz Gilmar. 

Ouça, abaixo, um trecho da entrevista: 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247