Ídolo do Fluminense, 'Super-Ézio' morre no Rio

zio, dolo do Flu na dcada de 90, morre vtima de cncer no pncreas, aos 45 anos

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio - O ex-atacante Ézio, que se tornou ídolo do Fluminense nos 90, morreu, aos 45 anos, nesta quarta-feira no Rio. Ézio estava internado em um hospital em Jacarepaguá por causa de um câncer no pâncreas. O atacante descobriu o problema em outubro de 2010, mas só revelou ter câncer em setembro deste ano. Ézio vai ser velado nesta quinta-feira no Salão Nobre das Laranjeiras das 9h às 15h.

Ézio jogou pelo Fluminense entre 1991 e 1995 e chegou a ser chamado de Super-Ézio pela torcida tricolor. O atacante é o nono maior artilheiro da história do Fluzão com 119 gols.

Super-Ézio também ganhou a simpatia do Fluminense por se destacar em clássicos contra o Flamengo, no qual costumava marcar.

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email