Impeachment: Witzel diz que ex-secretário Edmar Santos está 'desesperado'

Novos trechos da delação do ex-secretário de Saúde do Rio, Edmar Santos, fizeram o governador do Rio, Wilson Witzel, divulgar um vídeo dizendo que Santos está "está desesperado". Witzel diz ainda que não tem "receio" do que o ex-secretário possa vir a revelar

São Gonçalo - Alcântara. 15-07-2020 Inauguração do C. E. Coronel PM Marcus Jardim - Alcântara.
São Gonçalo - Alcântara. 15-07-2020 Inauguração do C. E. Coronel PM Marcus Jardim - Alcântara. (Foto: CARLOS MAGNO/GOVRJ)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Pressionado por um processo de impeachment, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, gravou um vídeo para dizer que seu ex-secretário de Saúde está desesperado. Em paralelo, a defesa do governador tenta ganhar tempo e evitar a votação do impeachment.

A reportagem do jornal O Globo destaca que “na noite desta sexta-feira, uma  petição à Procuradoria-Geral da República (PGR) e ao Supremo Tribunal Federal  (STF) questionou, dessa vez, a escolha da subprocuradora Lindôra Araújo para se manifestar sobre a ação que paralisou o processo de impedimento na Assembleia Legislativa do Rio( Alerj).”

A fala do governador foi: “Edmar Santos é um homem desesperado foi pego com a boca na botija, 8 milhões e meio de reais. E agora quer distribuir sua responsabilidade com outras pessoas, absolutamente sem provas. No processo penal, isso não vai funcionar. Edmar Santos será condenado e vai responder na cadeia sb seus fatos.”

Witzel ainda disse: “Há indícios que ele se aproveitou da pandemia para liderar um esquema de fraudes na saúde. As investigações sobre essas fraudes estão sendo agilizadas devido a implantação no nosso governo de modernas técnicas de combate à corrupção que deram transparência aos processos e, especialmente, a possibilidade da imprensa, dos deputados fiscalizarem. Prova disso, é que os crimes cometidos nos governos anteriores, demoraram décadas para serem descobertos.”

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247