Instituto Albert Einstein fará testes de fase 3 da vacina indiana Covaxin em São Paulo

Testes devem começar em março e durar de 45 a 90 dias. A vacina Covaxin deve ser aplicada em duas doses, com intervalo de 28 dias entre elas

(Foto: REUTERS / Adnan Abidi)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik Brasil - O Instituto Albert Einstein anunciou nesta quarta-feira (3) que fechou um acordo para realizar estudos de fase 3 da vacina Covaxin, desenvolvida pelo laboratório indiano Bharat Biotech.

Os testes devem começar em março e durar de 45 a 90 dias e serão realizados na cidade de São Paulo. A vacina Covaxin deve ser aplicada em duas doses, com intervalo de 28 dias entre elas.

Nesta quarta-feira (3) o Ministério da Saúde anunciou que vai se reunir com representantes do laboratório indiano para negociar compra de doses da vacina. As informações foram publicadas pelo portal G1.

O instituto ainda não informou quando o pedido para o uso emergencial da Covaxin será feito.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) retirou a obrigatoriedade da realização de estudos de fase 3 no Brasil para aprovação de uso emergencial de qualquer vacina contra a COVID-19.

"Nós temos conhecimento da retirada da exigência, mas não afeta em nada o cronograma. Nós achamos que é importante que as vacinas sejam testadas no Brasil, independente da Anvisa estar abrindo essa possibilidade", disse Luiz Vicente Rizzo, diretor do Einstein.

A Covaxin é uma vacina contra COVID-19 desenvolvida a partir de vírus inativados que está na fase 3 de testes na Índia. Os primeiros estudos clínicos mostraram que o imunizante não gera efeitos colaterais graves e produz anticorpos para o novo coronavírus.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email