Janaina Paschoal adverte para falsificação de números do coronavírus

"Só espero que as mudanças feitas na lei de acesso à informação não sejam para encobrir os números de infectados e mortos por coronavírus! Quem nega a realidade, muitas vezes, trata de adaptá-la", afirmou a deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP)

Janaina Paschoal
Janaina Paschoal (Foto: Sergio Galdino/ALESP)

247 - A deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP) criticou a iniciativa do governo Jair Bolsonaro de restringir os prazos de resposta previstos na Lei de Acesso à Informação (LAI). "Só espero que as mudanças feitas na lei de acesso à informação não sejam para encobrir os números de infectados e mortos por coronavírus! Quem nega a realidade, muitas vezes, trata de adaptá-la", escreveu a parlamentar no Twitter.

De acordo com a parlamentar, "os brasileiros deveriam anotar os nomes dos empresários, dos apresentadores de TV e dos políticos que, em meio a contaminações, mortes, velórios sem abraços, cremações isoladas... tiveram a ousadia de dizer que estão acima dos demais...que não são passíveis de contaminação...".

"Eles acreditam que seus cargos, seus dinheiros, sua fama fazem deles intocáveis. Anotemos os nomes deles... eles não são Deus! Abomináveis todos! Nojo é o que eu sinto olhando para a cara de cada um deles!", acrescentou.

 

 

 


Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247