Jilmar Tatto e Orlando Silva vão às ruas com Boulos: 'caminhada da virada começou'

Os ex-candidatos à prefeitura de São Paulo Jilmar Tatto (PT) e Orlando Silva Jr. (PCdoB) foram às ruas da cidade com Guilherme Boulos (PSOL). "A Caminhada da Virada começou!", disse Orlando. "Selfie da vitória", afirmou o petista

Jilmar Tatto, Guilherme Boulos e Orlando Silva
Jilmar Tatto, Guilherme Boulos e Orlando Silva (Foto: Reprodução/Twitter)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Os ex-candidatos à prefeitura de São Paulo Jilmar Tatto (PT) e Orlando Silva Jr. (PCdoB) caminharam, na manhã desta quarta-feira (18), ao lado de Guilherme Boulos (PSOL), que disputará o segundo turno da eleição municipal contra o prefeito Bruno Covas (PSDB), após ambos terem conquistado as duas maiores votações no primeiro turno - 32,9% e 20,2% dos votos válidos, respectivamente. 

"Selfie da vitória com os companheiros @GuilhermeBoulos e @orlandosilva  agora na caminhada! É hora da virada!", escreveu o petista no Twitter.

"A Caminhada da Virada começou! Nas ruas do centro de São Paulo para eleger @GuilhermeBoulos e @luizaerundina", afirmou Orlando Silva.


Os três foram acompanhados por uma multidão que gritava: “Boulos e Erundina, nós vamos pra cima”.

Tatto e Orlando Silva, derrotados no primeiro turno das eleições municipais, prontamente manifestaram apoio a Guilherme Boulos, que vai disputar o segundo turno com o atual prefeito Bruno Covas (PSDB).

A primeira Pesquisa XP/Ipespe sobre as intenções de voto para o segundo turno em São Paulo, divulgada nesta quarta-feira (18), mostra que o atual prefeito da capital paulista, Bruno Covas (PSDB), registrou uma queda de sete pontos em relação ao primeiro turno. Enquanto isso, Guilherme Boulos (PSOL) teve um crescimento de 8%.

O levantamento mostra que o tucano passou de 55% das intenções de voto, número registrado na semana passada, para 48% nesta semana. O candidato do PSOL, por outro lado, cresceu de 24% para 32%.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247