Justiça concede reajuste salarial a funcionários da CPTM

O Tribunal Regional do Trabalho da 2º Região concedeu reajuste de 3,63% para a data-base de 1º de março de 2020 e 6,36% para 2021

(Foto: Divulgação/CPTM)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Tribunal Regional do Trabalho da 2º Região, após realização de audiência de conciliação no sábado (17), decidiu conceder um reajuste salarial de 3,63% aos ferroviários que trabalham na Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), em São Paulo, nas linhas 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade.

Os funcionários, desde 2019, não tinham seus salários reavaliados. O reajuste concedido é de 3,63% para a data-base de 1º de março de 2020 e 6,36% para 2021. 

A CPTM, de acordo com a determinação da Justiça, deve elaborar, em até 20 dias, a folha e o efetivo pagamento dos valores atrasados, retroativos a 1º de março de 2021. 

PUBLICIDADE

A multa diária em caso de descumprimento é de R$ 50 mil.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE

Apoie o 247

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email