Justiça solta 40 dos 41 presos por participação em rinha de cães

O TJ-SP soltou, nessa segunda-feira (16), 40 dos 41 presos em flagrante por participar de “rinha” entre cães em Mairiporã (SP). O peruano preso na ação foi o único a ter prisão transformada em preventiva

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247- Após audiência de custódia, o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) soltou, nessa segunda-feira (16), 40 dos 41 presos em flagrante por participar de “rinha” entre cães em Mairiporã (SP). Os acusados foram alvos de operação da Polícia Civil do Paraná no último final de semana.  No local, participantes da rinha chegavam a comer a carne dos cães mortos. 

As rinhas eram combinadas em grupos de aplicativos e divulgada em transmissões secretas nas redes sociais. 

Reportagem do jornal Correio Brasiliense afirma que o peruano preso na ação foi o único a ter prisão transformada em preventiva porque o juiz André Luiz da Silva da Cunha entendeu que ele é um dos organizadores do evento e que, em liberdade, poderia atrapalhar as investigações, especialmente em relação às diligências necessárias à identificação dos demais organizadores.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247