Lindbergh defende Lula com cargo sem foro privilegiado

Durante reunião da bancada do PT no Senado nesta terça-feira, 22, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) defendeu que a presidente Dilma Rousseff nomeie o ex-presidente Lula para um cargo no governo mesmo sem ter foro privilegiado; para ele, Lula não precisa ser ministro para comandar a articulação do governo com o Legislativo e influenciar na política econômica; além disso, serviria para refutar as acusações de que o ex-presidente pretende virar ministro para fugir do juiz Sergio Moro

Senador Lindbergh Farias (PT-RJ) discursa durante sessão especial destinada a comemorar o Dia Internacional da Síndrome de Down
Senador Lindbergh Farias (PT-RJ) discursa durante sessão especial destinada a comemorar o Dia Internacional da Síndrome de Down (Foto: Aquiles Lins)

Rio 247 - Durante reunião da bancada do PT no Senado nesta terça-feira, 22, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) defendeu que a presidente Dilma Rousseff nomeie o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para um cargo no governo que não seja de ministro, sem foro privilegiado. 

Segundo o jornal Extra, Lindbergh disse que Lula não precisa ser ministro para comandar a articulação do governo com o Legislativo e influenciar na política econômica.

Lula no governo sem foro privilegiado serviria ainda, segundo o senador petista, para refutar as acusações de que o petista pretende virar ministro para fugir do juiz Sergio Moro.

Conheça a TV 247

Mais de Sudeste

Ao vivo na TV 247 Youtube 247