Lindbergh: se Cunha falar, Temer cai em um dia

Em vídeo publicado no Facebook sobre a prisão de Eduardo Cunha, determinada pelo juiz Sérgio Moro, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) afirma: "Eu espero sinceramente que ele fale. Porque eu tenho certeza que a delação de Eduardo Cunha não deixa pedra sobre pedra nesse governo de Michel Temer e seus ministros"; "Demorou, mas saiu. E eu quero ver os próximos passos", acrescenta o parlamentar; em outro post, ele provocou: "Desta vez, não teve cobertura ao vivo das TVs, mega operação ou espetáculo circense. Esperamos que isto não seja uma cortina de fumaça para voltar as baterias contra a esquerda"

Em vídeo publicado no Facebook sobre a prisão de Eduardo Cunha, determinada pelo juiz Sérgio Moro, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) afirma: "Eu espero sinceramente que ele fale. Porque eu tenho certeza que a delação de Eduardo Cunha não deixa pedra sobre pedra nesse governo de Michel Temer e seus ministros"; "Demorou, mas saiu. E eu quero ver os próximos passos", acrescenta o parlamentar; em outro post, ele provocou: "Desta vez, não teve cobertura ao vivo das TVs, mega operação ou espetáculo circense. Esperamos que isto não seja uma cortina de fumaça para voltar as baterias contra a esquerda"
Em vídeo publicado no Facebook sobre a prisão de Eduardo Cunha, determinada pelo juiz Sérgio Moro, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) afirma: "Eu espero sinceramente que ele fale. Porque eu tenho certeza que a delação de Eduardo Cunha não deixa pedra sobre pedra nesse governo de Michel Temer e seus ministros"; "Demorou, mas saiu. E eu quero ver os próximos passos", acrescenta o parlamentar; em outro post, ele provocou: "Desta vez, não teve cobertura ao vivo das TVs, mega operação ou espetáculo circense. Esperamos que isto não seja uma cortina de fumaça para voltar as baterias contra a esquerda" (Foto: Gisele Federicce)

Rio 247 - Em vídeo publicado no Facebook sobre a prisão de Eduardo Cunha, determinada pelo juiz Sérgio Moro, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) desejou que agora o deputado cassado faça delação premiada, pois assim o governo de Michel Temer cairia.

"Eu espero sinceramente que ele fale. Porque eu tenho certeza que a delação de Eduardo Cunha não deixa pedra sobre pedra nesse governo de Michel Temer e seus ministros", comenta Lindbergh. "Demorou, mas saiu. E eu quero ver os próximos passos", acrescenta.

Ao plenário lotado, Lindbergh também disse: "Se ele (Cunha) fizer uma delação, esse governo de Michel Temer não se sustenta por um dia".

Em outro post em sua página, o senador provocou: "Desta vez, não teve cobertura ao vivo das TVs, mega operação ou espetáculo circense. Esperamos que isto não seja uma cortina de fumaça para voltar as baterias contra a esquerda".

Assista ao vídeo:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247