Maior hidrelétrica de SP atinge “0%” do reservatório e chega ao volume morto

Estiagem prolongada levou reservatório a ficar 322,94 metros acima do nível do mar; mínimo para funcionamento é 314 metros

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News

Metrópoles - A estiagem prolongada no país fez com que a usina hidrelétrica de Ilha Solteira, a maior do estado de São Paulo, atingisse o volume morto do reservatório nesta quarta-feira (15/9). No site do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), responsável pelo funcionamento do setor elétrico no país, é informado que o reservatório chegou ao volume de “0%”.

Mas tanto a ONS quanto a empresa CTG Brasil, atual responsável pela operação de Ilha Solteira, alegam que o reservatório ainda opera, pois está na marca de 322,94 metros acima do nível do mar – qualquer posição abaixo de 323 metros, nessa usina, é considerada volume morto. Assim, mesmo neste cenário, a usina gera energia e não está desativada ou vazia.

A companhia e o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) alegam que a usina poderá funcionar até atingir o patamar mínimo previsto em projeto, que é 314 metros acima do nível do mar.

PUBLICIDADE

Leia a íntegra no Metrópoles.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email