Marido mata mulher a facadas durante briga por causa de futebol em SP

De acordo com a Polícia Civil, a palmeirense Érica Fernandes Ceschinia comemorava a vitória do clube como campeão da Libertadores, o que teria desagradado o marido corinthiano

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A palmeirense Érica Fernandes Ceschini morreu no domingo (31) após ser esfaqueada pelo marido, de 34 anos, no Parque São Domingos, em São Paulo. De acordo com a Polícia Civil, no fim de semana ela comemorava a vitória do clube como campeão da Libertadores, o que teria desagradado o marido corinthiano. 

À polícia, o homem disse foi agredido primeiro pela vítima, que lhe teria golpeado com uma faca, mas ele teria conseguido pegar o objeto e matou a esposa. As informações foram divulgadas pelo jornal Extra

A polícia disse que ele estava com lesões no abdômen e foi socorrido ao Hospital do Mandaqui, onde ficou internado sob escolta policial. 

Leonardo Ceschini foi autuado por homicídio qualificado. O casal tinha filhos gêmeos pequenos.

O caso foi registrado no 33º DP (Pirituba).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email